terça-feira, 5 de agosto de 2014

SUGESTÕES DE JOGOS PARA ALFABETIZAÇÃO


Ideias retiradas da   Revista Psicosol  - -  idealizadora da revista. 
Clique em seu nome para acessar o linck da revista.

Neste jogo, além da leitura, estaremos estimulando o desenvolvimento da orientação espacial dos nossos pequerruchos. É ideal para o início da alfabetização, quando ler uma palavra ainda significa um desafio.
Você vai precisar:
- Tabela com palavras (veja imagem);
- um dado contendo as letras de A a F;
- um dado contendo os números de 1 a 5 e um dos lados em branco;
- várias fichas de duas cores diferentes.
Como jogar:
Organize duplas de jogadores e peça que escolham uma cor de ficha. Oriente-os que neste jogo o dado com as letras representará as colunas e o dado com os números representará as linhas.
Cada criança, na sua vez, joga os dois dados. De acordo com o que cair deverá procurar na tabela a palavra e lê-la (se não souber o colega poderá ajudar) e coloca uma ficha sobre a palavra. Se cair em uma palavra que já foi lida poderá repetir a jogada, mas se por acaso cair o lado do dado que estiver em branco a criança passa a sua vez para o colega. Assim sucessivamente até completar toda a tabela. Ganha o jogo a criança que ao final da partida tiver mais fichas na tabela.



Qual é o número?

23rdjul2014
Vamos trabalhar um pouco com números hoje?
É necessário:
- Cartas com números;
- ampulheta ou cronômetro.
Procedimento:
wpid-Photo-22072014-1424.jpgEmbaralhe as cartas. Peça para a criança escolher três cartas sem ver os números. Você pega as cartas escolhidas pela criança, olha os números, e coloca sobre a mesa primeiro a carta que tenha o menor número, virando-a para baixo. Por último a de número maior também virando-a para baixo. No centro delas coloca uma carta com o número virado para cima. Esta servirá para fazer a comparação (observe a imagem).
Então você aponta a primeira carta e diz, por exemplo: “Aqui tem um número a menos que este.” Imediatamente aponte a carta do meio.
A criança deverá calcular e dar um palpite.
Com a última carta você repete o procedimento, no entanto, vai dizer: “Aqui tem três números a mais que este.”
A medida que a criança compreendeu a ideia da atividade você pode aumentar o desafio utilizando uma ampulheta ou o cronômetro. Assim, a criança deverá dizer o seu palpite dentro do tempo estipulado.

imageAtenção: o processo de comparação, dependendo da idade ou do conhecimento já construído pela criança, pode ser de difícil entendimento. Além disso, os conceitos “a menos” e “a mais”, a princípio, podem também dificultar a compreensão para as crianças menores. Em alguns casos é necessário primeiro trabalhar o conceito “a mais” no concreto. Só depois de ter certeza que ocorreu a assimilação deste conceito é que deve ser mostrado “a menos”, e também, de preferência, no concreto.
bjos <3 p="">
Obra Consultada:
KAMII, Constance. Reinventando a aritmética: implicações da teoria de Piaget. 13. ed. Campinas: Papirus, 1997.

Que horas são?

28thjul2014
imageA sugestão de hoje é trabalhar a passagem do tempo através do uso do relógio. Aqui a criançada amou!
Você vai precisar:
- EVA;
- caneta para retroprojetor;
- parafuso de plástico;
- papel cartão.
Procedimento:
imageObserve as imagens e prepare um relógio de pulso com os materiais citados anteriormente. Cada criança deverá ter um relógio.
Primeiramente deixe que cada criança explore o relógio. Mexa nos ponteiros, coloque a hora que quiser, compare quem colocou o mesmo horário, quem colocou diferente…
Depois você pode mostrar um relógio verdadeiro e dizer para elas colocarem o mesmo horário. Explore o conhecimento delas. Pergunte se elas perceberam que há um ponteiro maior e outro menor, explique o motivo. Veja se elas sabem como se faz a contagem do tempo e qual a importância do relógio para o nosso dia a dia.
Por hoje foi isso, espero que tenha sido útil! Bjs

Dominó de rima

30thjul2014
imageOi gente!
Já comentei em outros posts sobre algumas pesquisas que apontam para a importância daconsciência fonológica no processo de alfabetização. Segundo essas pesquisas – dentre elas, as de Alessandra G. S. Capovilla e Fernando C. Capovilla (2000) : “Efeitos do treino de consciência fonológica em crianças com baixo nível sócio-econômico” – , ficou evidenciado que os indivíduos que passam por um treino para desenvolver a consciência fonológica têm seu desempenho aumentado no processo de alfabetização em relação aos indivíduos que não tenham passado por esse treino.
Diante do que foi dito, elaborei este jogo que é super simples e semelhante ao jogo de dominó. No entanto, neste jogo iremos estimular em nossas crianças a percepção da rima que é um dos elementos importantes quando nos referimos à consciência fonológica.
Você vai precisar:
- 14 peças de dominó com imagens (mínimo). Essas peças devem ser elaboradas de uma maneira que contenham imagens cujos nomes rimem. Exemplo: gato/pato; folha/rolha… (Observe a imagem).
Como jogar:
Antes de distribuir as peças explore oralmente o nome de cada figura.
Dois jogadores recebem sete peças cada um. Inicia o jogo quem tiver, por exemplo, o “gato”. O próximo jogador deverá procurar se uma de suas peças contém uma figura cujo nome rime com a palavra “gato”. Caso não tenha, o primeiro jogador deverá procurar em suas peças. Assim sucessivamente. Ganha quem ficar sem nenhuma peça por primeiro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário